Hipocondríaco

Não sei se você se lembra, mas nos primórdios da internet, rolavam uns textos que circulavam nos e-mails com coisas ora geniais, ora bizarras.

Nesse ínterim, um fenômeno surreal e absurdo muito disseminado foi o dos textos atribuidos ao Luís Fernando Veríssimo. Um caso de falsidade ideológica “do bem”.

Um desses textos se chamava “Diga não às drogas”, do qual teria o maior orgulho de ter escrito – e jamais diria que não fui eu que escrevi. Aquele texto é a motivação desta farmácia.

Aqui, apresento-lhes as drogas antônimas às daquele texto, ou antídotos, se preferir. Só cultura de qualidade – em drops, em pílulas, nas veias… Aqui, exponho toda a minha hipocondria para lhe indicar as melhores drogas contra o tédio, o mau humor e o ócio pelo DF afora e afins…

Sou Morillo Carvalho, jornalista. Mantenho esse blog desde 2008, oscilando entre períodos de efervecência/empolgação e ostracismo. Sou marido, pai e cozinheiro aos domingos. Moro em Brasília há 10 anos. Nasci em Santos, morei em Minas. Apresento o programa de cultura Mosaico, na Rádio Nacional da Amazônia, onde também sou repórter. E apresento o programa CNJ no AR, na Rádio Justiça (104,7 FM). Fui repórter na Agência Brasil, cobrindo cultura, e no Correio Braziliense, na editoria de Cidades. Faço pós-graduação em Gestão Cultural, e trago na bagagem cursos de Economia da Cultura e Criativa, com Ana Carla Fonseca Reis, de Cultura Musical, com o maestro Flávio Fonseca, e oficina de Crítica Teatral, com o crítico e jornalista Sérgio Maggio.

O TEXTO-MOTIVAÇÃO: DIGA NÃO ÀS DROGAS..

————————————————————————————————————————

E colaboram com essa farmácia:

– Rafania Almeida, Marcella Oliveira, Antonio Trindade, Michel Medeiros, Karla Lucena, e essa galera:E Ee E

Ana Luiza Zenker – Jornalista. Colaboradora/hipocondríaca do Drops, apaixonada por cinema, apesar de nunca ter tido vontade de virar cineasta. O bom mesmo é fruir e, por que não, consumir uns bons blockcusters. Editora da TV Senado. Já fui repórter da Agência Brasil, trabalhando também para a Rádio Nacional. Também fiz parte da equipe do SOS Imprensa, na Universidade de Brasília.

……

 Paulo Mesquita (o Paulo Palavra) – Jornalista e estudante de Direito. Escreve os blogs Em se Tratando Disso e Alguns Momentos. Além disso, mantém sua página pessoal no Twitter, onde fala uma série de asneiras. Adora culinária e vez ou outra arrisca umas artes na cozinha. Já trabalhou em livraria e de lá traz sua paixão pelos livros e, consequentemente, pelo cinema, teatro e demais artes. Brasiliense, ama sua cidade e não a troca por nada. Adora viajar, nem que seja só para conhecer um lugar e dizer “Brasília é muito melhor!”. No jornalismo, trabalha com assessoria de imprensa. Já passou pelo GDF, pela UnB e hoje atua no setor privado. Também já foi repórter de cidades do Jornal de Brasília e da Voz do Brasil.

…..

Akemi Nitahara – Jornalista formada pela UnB, repórter e editora da Rádio Nacional de Brasília desde 2004. Filha de músico, cresceu em meio à efervescência cultural de Brasília, de onde tirou bagagem para ser responsável pelo quadro Cultura, do jornal Repórter Brasil, da Rede Nacional de Rádio. Inspirada pelos 2 filhos e seus amigos e primos, publicou três livros infantis: Naomi e Anita, Naomi e Anita e suas Descobertas e Naomi e Anita e o Irmãozinho, com ilustrações de Adriana Cascaes. No mundo das idéias, está germinando a tirinha Naomi e Anita.

 

Anúncios

3 pensamentos sobre “Hipocondríaco

  1. Pingback: No universo de Naomi e Anita « Drops Culturais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s