A filha da mulher que queimou sutiã

Algumas Camilas da minha vida: a grande companheira que faz este blog (Camila Coelho), a amiga que fiz em Floripa (Camila Alam), a que faz sucesso na voz do Nenhum de Nós (Camila-haa-wol)… Agora, Camila Jam também faz parte dela. A personagem principal de Nome Próprio, o longa de Murilo Salles que ganhou quatro kikitos em Gramado este ano. É uma personagem apaixonante. Na pele … Continuar lendo A filha da mulher que queimou sutiã

Nome próprio. Bora ver?

Uma menina que quer ser personagem de um romance; uma festa que celebra o desaparecimento de uma menina; e o reencontro de três amigos, que resolvem lembrar as histórias da juventude. Estas são as sínteses dos três longas-metragens brasileiros premiados ontem (16), no encerramento do Festival de Cinema de Gramado, na cidade de mesmo nome, situada na serra gaúcha. Apenas três, de seis obras selecionadas, … Continuar lendo Nome próprio. Bora ver?

Entre brasileiros e blockbusters, eu fico com todos

A semana é, sem dúvida, de duas estréias bem distintas no cinema da Capital. A primeira, e que chamou mais atenção, é A Múmia – Tumba do Imperador Dragão. Mais um blockbuster e terceiro filme da série (que já teve A Múmia e O Retorno da Múmia), a produção divide opiniões entre os supostamente especialistas. Eu pretendo ver, mas confesso que me sinto um tanto … Continuar lendo Entre brasileiros e blockbusters, eu fico com todos