Elis, nossa maior roqueira

Viveu só três anos a mais do que os 33 – a idade que amaldiçoa e fulmina os roqueiros mais exemplares do roquenrôu way of life. Morreu de overdose de birita com cocaína. Se engajou politicamente, se filiou ao PT em 81 (bem no comecinho), berrou contra a ditadura e só não foi exilada porqueContinuar lendo “Elis, nossa maior roqueira”