Balança, Cena!

O Cena Contemporânea 2008 se foi. Deixou gostinho de quero mais, saudades e exaustão. Pela última semana, acompanhar o festival internacional de teatro de Brasília tornou-se uma experiência tão intensa e profusiva, as informações eram tantas, tantos eram os formatos, formas e conjuntos de surpresas, que escrever ao fim da noite poderia tornar-se insalubre a uma mente desgastada com tantos confrontos criativos. Participei da Oficina … Continuar lendo Balança, Cena!

Faíscas televisivas e o telefonema londrino

Quando o The Clash morreu, eu mal tinha nascido – sou de 84, eles encerraram a banda em 85. Fui saber da existência dos caras lá por 2000, vendo na TV algo sobre as maiores bandas do mundo. Um dia entra o professor na sala de aula, 7º semestre de jornalismo, e indaga: “alguém aí conhece The Clash”? Cri, cri, cri. “Conheço”, respondo, não muito … Continuar lendo Faíscas televisivas e o telefonema londrino