Estrelo, nudez e bonecos

Depois de dois protestos de nossos amados leitores, voltamos. Juro que não estávamos fazendo “toba com glicose”, foi um misto de várias coisas que impediu que não trabalhássemos em parte desse mês – a overdose desses drops nos levou a clínicas de recuperação e eu cheguei até a ouvir um pagodinho. Brincadeira! Mas, por hora, continuo sozinho: a essa hora, Ana Luiza Zenker (a outra … Continuar lendo Estrelo, nudez e bonecos

Balança, Cena!

O Cena Contemporânea 2008 se foi. Deixou gostinho de quero mais, saudades e exaustão. Pela última semana, acompanhar o festival internacional de teatro de Brasília tornou-se uma experiência tão intensa e profusiva, as informações eram tantas, tantos eram os formatos, formas e conjuntos de surpresas, que escrever ao fim da noite poderia tornar-se insalubre a uma mente desgastada com tantos confrontos criativos. Participei da Oficina … Continuar lendo Balança, Cena!