Ney Matogrosso faz 80 anos de idade hoje e lança EP “Nu com minha música”

Poucos artistas brasileiros são como ele. Aos 80 anos, homenageia Caetano ao regravar sucesso de quatro décadas atrás em novo EP que precede novo disco

Dizem dos leoninos serem seres exibidos e exibicionistas. Leão, o signo de agosto, é o mês de, pode reparar, todo amigo seu que ama aparecer. E dois representantes do mês fazem aniversário exatamente hoje: uma é Gaby Amarantos e outro é Ney Matogrosso. Hoje falarei de Ney, porque não é todo dia que se faz 80 anos.

Em maio de 2019 ele esteve em Brasília e pûde acompanhar o show da turnê “Bloco na Rua”. Sua energia de garoto de 20 e poucos anos e sua capacidade vocal aliada a uma perfomance corporal indescritível tornam Ney um cara muito, muito único na canção brasileira. Ele é magnetizante, essa seria a melhor definição.

Ano passado, para homenageá-lo por seus 79 anos, fiz o podcast sobre o disco “Pecado”. É o podcast sobre discos que lanço às segundas-feiras (com produção meio irregular, hoje em dia, é verdade, mas sempre carinhosa e repleta de pesquisa). Por isso, te convido a ouvir este episódio:

Parabéns, Ney! Você é tão incrível que aff.

Novidades de 1º de agosto

No melhor estilo “o presente é seu, quem ganha sou eu”, Ney está lançando hoje um EP, “Nu com minha música”, que será o mesmo nome do disco que lançará em novembro pela Sony Music. Este EP tem canções de Caetano Veloso (a faixa-título), Lenine (Se não for amor, eu cegue), Raul Seixas (Gita) e o cubano Silvio Rodríguez (Mi Unicornio Azul).

E no melhor estilo “o gerente enlouqueceu”, não é só o EP que é novidade deste 1º de agosto não… Também hoje é lançada “Ney Matogrosso – A Biografia”, escrita por Julio Maria. Para tal, o autor colou em Ney por cinco anos. Detalha muito mais do que esses causos que contei no podcast – que é uma vergonha que você esteja chegando a este ponto do texto e não tenha dado o play, aff você.

A ansiedade tá a mil aqui, mas as músicas novas só entram no ar às 23h, após o Fantástico, da TV Globo, porque se tem uma coisa que o Ney nunca foi é: besta. Vai lançar em grande estilo. Por ora, porém, fiquemos com este clipezitos que é coisa linda:

imagem: Lucas Bittencourt sobre foto de Léo Aversa / Divulgação


Me siga nas redes sociais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s