Complexo de Vira-Lata: Marcia Tiburi investiga a humilhação da colonização como aparelho de poder

Novo livro de Marcia Tiburi busca compreender como e por quais motivos o Brasil é impactado pela colonização – a europeia de Colombo e as ações atuais, que sequestram identidades, a História, utopias e desejo de luta por uma vida melhor.

Talvez o mais dificil sentimento que exista seja a dor da humihação. Ela é uma speécie de morte inter,a algo que impede alguém de viver. De se realizar como pessoa, de perceber o valor da vida. Humilhado, ninguém consegue se reconhecer como um sujeito da cidadania. É quando um ser humano não se sente gente. É difícil falar desse assunto sem falar em feridas”

Marcia Tiburi.

Este é o tema do novo livro de Marcia, “Complexo de Vira-Lata – Análise da Humilhação Brasileira”, lançado pela Civilização Brasileira. Humilhação é sofrimento puro e seus efeitos são nefastos, portanto, utilizados por aparelhos de poder. Não é nem preciso ilustrar com exemplos dos que nos governam – basta que você mesmo/a recorra às suas memórias mais recentes sobre os mandatários. E é isso o que a autora investiga em sua nova obra.

Complexo de vira-lata

Essa expressão foi cunhada por Nelson Rodrigues, em 1958, numa crônica sobre a inexplicável derrota da seleção brasileira na Copa de 1950. Para Nelson, o time brasileiro não teve autoestima para vencer – e é por isso que a expressão significa o sentimento de subserviência que impede que alguém se torne dono de seu destino.

Autora dos best-sellers Como conversar com um fascista e Feminismo em Comum e de mais de 20 outros livros, Marcia concentrou-se em estudar a colonização e seus efeitos num processo de pesquisa e escrita de cerca de cinco anos.

Ninguém assume, espontaneamente, o lugar de vira-lata que leva pontapés sem se defender. A construção desse lugar tem história e corresponde a seculares manobras de violência e poder. A humilhação é um circuito que implica em humilhar e ser humilhado, que leva tantas pessoas a se identificarem com o pior, em termos morais, éticos, estéticos e políticos. Não há dúvida que nossas escolhas têm relação com a imagem que fazemos de nós mesmos a partir de humilhações que tivemos”

a autora.

Para superar a humilhação que se instaurou em nós, como propõe Marcia Tiburi nessta obra, é essencial saber como isso se deu em nossa História, como e por que funciona. A autora sentencia: “Está na hora de superá-los”.

Bora ler? Ah, curiosidade: o doguinho da capa é um vira-latinha caramelo desenhado pela própria Marcia. Ela também é artista plástica e atualmente está exilada em Paris, devido aos ataques e ameaças que sofreu durante e após o processo eleitoral de 2018, quando se candidatou pelo PT ao governo do Rio. Aliás, quando o Jean Willys foi para o exílio, eu produzi um vídeo para falarmos sobre, dá uma olhada:


Me siga nas redes sociais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s