Ouça samba “Here We Are”, da norueguesa/brasileira Sheila Simmenes

Música traz mensagem de aceitação das diferenças em defesa da comunidade LGBTQIAP+ e é um passeio delícia por sonoridades do nosso samba com os folks da terra natal da artista e o jazz/pop universal

Eu realmente não sei o que é que eu tava fazendo da minha vida até conhecer o som de Sheila Simmenes. Que foi há poucos instantes, e abriu-se um universo de encantos à minha frente, e realmente a música tem o poder de nos amparar porque, veja bem, se sentir assim é tão Brasil pré-2016 que só mesmo som do bom pode mudar totalmente o estado da gente desse jeito. Assim que ouvi esta canção, saí buscando mais e mais, e: meeeu, que incrível essa moliér! Ela é de Bergen, na Noruega, uma city cercada de montanhas e fiordes (aqueles trem que parecem uns cânions com água embaixo, bem paradisíacos, típicos da Escandinávia). Entre 2008 e 2009, veio para o Brasil para trabalhar em um projeto voluntário – uma creche em Taubaté (SP) e, sem conhecer uma palavra do português, se viu improvisando numa festa, com um grupo de reggae. E assim se passaram dois anos, morando no Brasil, cantando, conhecendo a Bossa Nova e nossos sons. E agora ainda nos retribui com composições charmosas e canções delícia feito Here We Are:

Não avisei? Eu avisei…

Empática

Quem já leu ou conheceu alguém da Noruega, sabe o quão low profile eles são: gentilíssimos, educadíssimos, e extremamente “na deles” (curto bastante um canal no Youtube, de uma brasileira que se casou com um norueguês – o “A Noruega e Eu”, em que ela fala sobre esses encontros e choques culturais e a vida acima da linha do Ártico). Nesta faixa, ela demonstra essa empatia, que é própria de seu povo, mas que é bastante dela também: Sheila é mulher cis e hétero, porém simpatizante da causa e crê que, assim como Angela Davis defende que é preciso ser antirracista (mais do que ser contra o racismo), é preciso se posicionar – não basta respeitar.

“Eu estava cansada de sentir que nunca era o suficiente. Para ser um aliado cisgênero, é preciso ser mais do que curtir a balada e celebrar o Mês do Orgulho. Precisamos trabalhar ativamente para tornar nossas comunidades melhores para todos. Envolva-se com suas organizações locais. Fale e não tolere microagressões, discriminação ou legislação anti-LGBT”

Sheila Simmenes

Foda!

Agora vê a bicha cantando no Beco do Batman, em São Paulo, em 2013, que coisa mais linda:

Intercâmbio Brasil-Noruega num só disco

Indo do Rio de Janeiro à riviera norueguesa, o violão de 8 cordas de Per Olav Kobberstad se une a Fredrik Sahlander no baixo, ao pianista Eirik Ask (Drongo), a Michael Bloch no sax, ao violino de Yeisy Rojas e percussões do brasileiro Robertinho Silva. A canção foi produzida e gravada por Sheila Simmenes e Bjørn Ole Rasch no Kongshavn Studio. Vocais, violões e percussões foram gravados no Master Studio 112, no Rio de Janeiro, com o produtor Marcelo Frisieiro.

E vem mais por aí…

O disco foi gravado no verão de 2018, é o primeiro solo dela, e será lançado este ano. “Here We Are” se une aos já revelados singles “Anywhere You Go”, “Beautiful”, “Si Ka Du Vil”, “Same Old Song” e “Love Was Easy”, todas disponíveis para streaming.

foto: Emma Sukalic / Divulgação


Me siga nas redes sociais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s