O mundo é bão, Sebastião!

imagem: R. Lelis, no Flickr. todos os direitos reservados.

imagem: R. Lelis, no Flickr. todos os direitos reservados.

Sebastião foi dos primeiros mártires cristãos. Viveu na Itália, ainda na Antiguidade, num período em que o culto a Jesus Cristo era feito nas catacumbas e de forma ilegal. Quase 30 anos depois de sua morte, viria a ser legalizado no Império Romano por Constantino, convertido após vencer uma batalha usando um símbolo cristão.

É um dos santos mais populares e lembrados no catolicismo e no Brasil. No sincretismo, São Sebastião é Oxóssi, portanto sua referência também é popular nas religiões de matriz africana.

O Rio, cidade maravilha, purgatório da beleza e do caos, abençoada por Deus e bonita por natureza, começou como “São Sebastião do Rio de Janeiro”, e ele é o patrono da cidade, hoje em festa.

Sebastião também influenciou – e muito – a música brasileira. É referenciado em canções de Moacir Franco, Gil e Milton e de Nando Reis (apesar de eu achar que, nesse último caso, o Sebastião em questão não é o santo). Mas o tema “São Sebastião” vem de muito antes, sendo tema de pinturas no Renascimento italiano e, mais recentemente (século passado), de filmes e livros.

Hoje, 20 de janeiro, é o dia de São Sebastião!

Curte, que essa conexão Rio-Minas é cheia de energia e esses dois parecem entidades neste belo clipe:

Anúncios

2 pensamentos sobre “O mundo é bão, Sebastião!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s