Domingos Melo

Na semana passada, declarei luto e sumi por um tempo do blog. Nesta, estava disposto a retomar os textos e deixá-lo em dia de novo. A morte de alguém próximo envolve conversar com parentes, o velório, o enterro. No caso do pai do meu ex-estagiário, sua formatura. E o recolhimento, é claro.

Hoje, o radialista Domingos Melo (o Domingão), da Nacional FM, nos deixou. E um novo luto se faz necessário. Ele era um cara jovem, com seus 40 e poucos, dono de uma voz potente e era um cara muito bacana. Daquelas pessoas do bem, sabe? E ele foi vítima de dois AVCs, que o fulminaram essa tarde.

Já na próxima semana, entro de férias, e devo mandar novidades de longe. Espero, sinceramente, tornar a atualizar este blog já amanhã. Tenho, inclusive, textos de dois parceiros na agulha. Mas hoje não.

Hoje o que eu quero é pensar nele, coordenando a Celeste FM com sua voz potente e não-impostada, chamando os hits de lá e colocando pra cima Heleninha Bortone, Antônio Arrais e tantos outros que fizeram a comunicação dessa cidade e que nos deixaram. Descanse em paz, amigo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s