Musicoterapia: Com vocês, Norah

foto: I am Kat, no Flickr

foto: I am Kat, no Flickr

Por Daniella Jinkings*

Responda-me com sinceridade, você está cansado, estressado, a ponto de matar um? Que tipo de música você ouve? O CD da Enya? Músicas de Yoga e meditação? Pode até ser que surta algum efeito, mas vou recomendar uma “musicoterapia” melhor: ouça Norah Jones. Você provavelmente deve ter se espantado um pouco, pois, como sabemos, Norah Jones canta Jazz, Blues e Country e não tem nada a ver com um momento zen.

Vou contar um pouco como Norah ajudou-me nas últimas duas semanas. O trabalho estava bem estressante, só tinha vontade de sair correndo. Um colega indicou-me o álbum …Feturing Norah Jones. Há apenas uma palavra para descrevê-lo: fantástico.  Chegava em casa mais contente e com a cabeça mais tranquila!

A coletânea, lançada em 2010, une o timbre suave de Norah ao de nomes consagrados como, Herbie Hancock, Ray Charles, Belle & Sabastian, Foo Fighters e Dolly Parton. É diferente do primeiro disco Come Away With Me (jazz), pois tem uma pegada mais country, como o segundo álbum Fells Like Home (country/folk).

Sabe aquelas músicas que fazem a sua mente viajar?  São essas. Todos os CDs dela são maravilhosos, principalmente para quem aprecia um bom jazz , blues ou country. Mas suas músicas não se resumem apenas a esses gêneros. Norah Jones também canta rock. O último trabalho inédito, de 2009, o The Falls, tem uma boa pitada de rock n’roll. Concluindo, não importa o quão cansado e triste você estiver, Norah Jones vai te deixar mais feliz e relaxado.

Ano passado ela esteve no Brasil. Queria muito ter ido, mas, como o show não era em Brasília, teria de desembolsar uma grana (sem condições, né!). Porém, a esperança é a última que morre e tenho fé que um dia ela volta ao Brasil (e vem a Brasília)!

Além de cantora, Norah Jones também é atriz. Ela se aventurou no mundo do cinema em 2007 com o filme Um Beijo Roubado (“tuuudooo” a ver com o nome do filme em inglês: My Blueberry Nights. #NOT). Norah definitivamente não é uma boa atriz, mas o filme vale a pena. A história é boa e o elenco conta com o lindíssimo Jude Law e, a não menos linda, Natalie Portman!

___________________________________________________________________________

*Dani Jinkings escreve “Musicoterapia” toda quarta aqui. E é aquele tipo de gente que cura todos os males com música.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s