Papel de bala tem alma?

A Efigênia Rolim garante que sim. Ela mantém em Curitiba (PR) o Museu Alma do Papel de Bala, onde expõe suas obras multicoloridas e criadas com material reciclado.

Conheci essa doce senhora há pouco mais de dois anos, no Encontro de Mestres da Cultura Popular, em Juazeiro do Norte (CE), onde ela era uma das homenageadas.

Em cada obra de arte, uma história. Perguntei a ela sobre uma bota estilizada de sua banca. Ela me contou essa história:

Efigênia começou na arte como repentista e poetisa. Até o dia em que recebeu uma mensagem de Deus, para que ela desse alma aos papéis de bala – contou-me – e tornasse o mundo um lugar mais bonito.

O museu fica na casa da artista, no bairro Cajuru, em Curitiba. Por lá, acontecem contação de histórias, oficinas de reciclagem e funciona uma pequena biblioteca para as crianças do bairro. Foi contemplado pelo Prêmio Culturas Populares do Ministério da Cultura em 2007 – dinheiro que serviu para melhorar as instalações do museu.

Indo a Curitiba, fica a dica.

*Ah, e esse foi o primeiro vídeo que postei no projeto “TV Drops”, que pretendo implementar aos poucos por aqui. Aguarde!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s