Virgem

foto: Damiao Santana, no Flickr

Paulo Palavra

Há algum tempo, uma propaganda – se não me engano da empresa aérea Emirates – nos perguntava “qual a última vez que você fez algo pela primeira vez?”. Em termos de literatura tive uma primeira vez agora: minha primeira vez com o aclamado escritor português José Saramago, vencedor do Nobel de Literatura.

Tal qual uma menina de 15 anos – ou seriam 14, 13, 12? Os tempos são outros! – que se sente suficientemente emancipada, resolvi que era hora de perder minha virgindade com o português. Não poderia ser com “o grande amor da minha vida” (que no caso de Saramago poderíamos equiparar aos seus maiores sucessos, tipo Ensaio Sobre a Cegueira ou O Evangelho Segundo Jesus Cristo), afinal, ainda não o conhecia. Então foi com o primeiro que passou à minha frente. E esse é seu mais recente lançamento, Caim.

No livro, Saramago usa o personagem bíblico para revisitar várias passagens da história da própria Bíblia, tipo Sodoma e Gomorra, a Torre de Babel e até o Dilúvio e a Arca de Noé, e questionar as intenções de Deus em cada uma delas. Um exemplo: precisava matar as crianças inocentes de Sodoma?

Assim como qualquer primeira vez, a gente não sabe bem o que vai encontrar pela frente. Não foi a melhor experiência da minha vida, a escrita de José Saramago é diferente, seus diálogos não são separados da prosa e em alguns trechos precisei de muita concentração pra poder entender quem estava falando o quê.

Mas tal qual a virgenzinha de 15 anos que faz sexo pela primeira vez, sente dor, acha ruim e pouco tempo depois tenta de novo, eu também tentarei. Quem sabe, agora, com um dos clássicos do portugês?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s